clik e veja

A Arca do Zé Colméia Abertura da novela Os Ricos Também Choram 1982 abertura de novelas Abertura Fantástico 1976 Abertura Jornal Nacional 1972 Abraço e Aperto de Mão ou Pêra Alô Angélica: Vou de Táxi (clip) angelo maximo ANOS 80 ANTONIO MARCOS A SAUDADE QUE FICOU anuncios aprender matemática AQUI E AGORA araci de almeida armazem atores Baile Funk Anos 70 balão magico Bibo Pai e Bobi Filho bicicleta Bonanza bozo brincadeiras brinquedos cai no poço Beijo cantigas de roda Cantores Brasileiros dos anos 70 Carequinha - Palhaço Carrinho de rolemãs carros carros que deixaram saudade chacrinha Chaparral CHiP's (1977) Chocolate Surpresa Cicciolina Clube do Mickey - SBT comerciais Cotonetes Johnson Johnson Banheira 1978 Cremogema Cynira Arruda linda mussa dos anos 70 nu artistico desenhos DESPERTADOR doces Docura I Love Lucy à Brasileira Dominó: Companheiro eletro domesticos emulsão de scott Enceradeira Arno anos 70 enciclopédia Barsa Universa EXTRATO DE TOMATE Fernando Mendes fichas de telefone filmes fita cassete fita k7 FUTEBOL Galinha Mag Geizibel menina de oito anos. George Baker Selection Una Paloma Blanca girias dos anos 70 GRANDE FAMÍLIA - Abertura 1ª Versão 1972-1975 grande musa dos anos 70: Nádia Lippi Grande Sertão: Veredas Grupo Dominó Ela Não Gosta de Mim HUMOR JERRY LEWIS João Figueiredo jovem guarda Jovem guarda Giane Angelita Jovem guarda - Diana - Ainda queima a esperança Juninho Bill e Simony antes da fama Kátia D'Angelo ki suco KOLINOS lambreta Leite de Magnésia Phillips livros livros leitura escola primaria Lojas Arapuã Luan Vanessa Quatro Semanas de Amor Lucelia Santos Luma de Oliveira Maçã. MAQUINA DE COSTURA maquina fotografica menudos Mio e Mao - década de 70 mizena Mobral monocolos de fotografias motos moveis de formica musicas Mussum trapalhoes nadia lipp namor neocide Nika Costa On My Own- novelas O Homem Invisível (1975) - abertura dublada o principe submarino obigetos os gatoes os trez pateta ovinhos do Sal Cisne padre zezinho Patricia Marx certo ou errado perfumes picole Pique Esconde pirulito zorro pomada minancora Pornochanchadas: Os cartazes de filmes nacionais mais ‘provocantes’ da história Praça da Alegria 1974 programas de auditorio propaganda Rádios dos Anos 70 Raízes 1977 ranbo rede clobo no passar dos anos Rede Manchete refrigerantes retrospectivas Revista roupas rpm sandra brea sapatos saudades seriados shanpu Shazan silvio santos SIMONY QUANDO CRIANÇA NO RAUL GIL 1979 sitio do pica pau amarelo som Sonia Braga super herois T.V. Pirata tabuada TARZAN Tema de Lara topo gigio Tostines vende mais porque é fresquinho trem da alegria Trem da Alegria Pique Pega Trem da Alegria - uma história de Sucesso Trem da Alegria brincando no Viva a Noite tv coloso tv pirata Uri Geller entorta talheres Uva variedade video de muia coisa variada dos anos 80 video de muita coisa variada dos anos 80 vila sessamo Vinhetas da Rede Globo Vinhetas Das Sessões De Filmes Dos Anos 70 vitasay Xerife xispa ze betio

xororó du goias canta paixão de homem

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Meu pé de laranja lima este filmi ficou na histora muito bom

Meu pé de laranja lima é um romance juvenil, escrito por José Mauro de Vasconcellos e publicado 1968, sendo um dos campeões em adaptações para o cinema e a televisão.
Em 2003, Meu pé de laranja lima foi publicado na Coréia, em forma de quadrinhos, numa bem cuidada edição com 224 páginas ilustradas.

[editar] Resumo
Este livro retrata a história de um menino de seis anos chamado Zezé, que pertencia a uma família muito pobre e muito numerosa. Zezé tinha muitos irmãos, a sua mãe trabalhava numa fábrica, o pai estava desempregado, e como tal passavam por muitas dificuldades, pelo que eram as irmãs mais velhas que tomavam conta dos mais novos; por sua vez, Zezé tomava conta do seu irmãozinho mais novo, Luís.
Zezé era um rapazinho muito interessado pela vida, adorava saber e aprender coisas novas, novas palavras, palavras difíceis... que o seu tio lhe ensinava. Contudo, passava a vida a fazer traquinices pela rua, a pregar partidas aos outros e muitas vezes acabava por ser castigado e repreendido pelos pais ou pelos irmãos, que passavam a vida a dizer que era um mau menino, sempre a fazer maldades. Todos estes factores e o facto de não passar muito tempo com a mãe, visto que esta trabalhava muito, faziam com que Zezé, muitas vezes, não encontrasse na família o carinho e a ternura que qualquer criança precisa.
Ao mudarem de casa, Zezé encontra no quintal da sua nova moradia um pequeno pé de laranja lima, inicialmente a idéia de ter uma árvore tão pequena não lhe agrada muito, mas à medida que este vai convivendo com a pequena árvore e ao desabafar com esta, repara que ela fala e que é capaz de conversar consigo, tornando-se assim o seu grande amigo e confidente, aquele que lhe dava todo o carinho que Zezé não recebia em casa da sua família. Ao longo da história vão acontecendo vários episódios na vida deste menino, uns mais alegres, outros mais tristes, que nos transmitem uma grande lição de vida e do modo como agir perante diversas situações, pois apesar de ter apenas cinco anos, Zezé já tinha atitudes que qualquer criança comum nunca teria, fazendo-nos então pensar um pouco à cerca de nós mesmos e das nossas atitudes perante determinadas situações.
Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Meu_P%C3%A9_de_Laranja_Lima"

Nenhum comentário: